Home | ATUALIDADE | A Airbnb vai despedir milhares de funcionários
A Airbnb vai despedir milhares de funcionários
A Airbnb vai despedir milhares de funcionários

A Airbnb vai despedir milhares de funcionários

A Airbnb, a plataforma de arrendamento online, anunciou hoje que vai despedir cerca de 25% dos cerca de 7.500 funcionários da empresa em todo o mundo, na sequência das restrições impostas pela propagação da pandemia.

A empresa sediada em São Francisco, nos Estados Unidos, sofreu uma fortíssima redução da atividade, consequência da paralização do setor de viagens, devido à implementação de medidas restritivas por vários países, que se traduziram em elevadas quebras de receita no setor do turismo.

A nota da Airbnb, também refere que para além do despedimento de 1.900 trabalhadores, vai reduzir os investimentos que não estejam diretamente relacionados com o arrendamento de imóveis, ex: investimentos em hotéis, transportes aéreos e produção de filmes.

“Estamos a enfrentar coletivamente a crise mais dolorosa das nossas vidas”, afirmou o fundador empresa, Brian Chesky, citado pela Associated Press.

Brian Chesky admite que a empresa deverá sofrer este ano, uma quebra de receitas na ordem dos 50%. A Airbnb, é uma empresa privada, motivo porque não tem de divulgar resultados financeiros, mas com mais de sete milhões de propriedades na ‘plataforma de arrendamento’, está segundo alguns especialistas, avaliada em 31 mil milhões de dólares.

C.S.
Fonte Lusa

Share this:

About REDAÇÃO

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

www.podopharm.pt
x

Check Also

Campanha January Sales do Grupo Pestana para o verão

Campanha January Sales do Grupo Pestana para o verão

A campanha "January Sales" lançada em Dezembro pelo Pestana Hotel Group oferece descontos até 55%, sobre os preços praticados em cada unidade hoteleira, nas reservas efetuadas até 31 de Janeiro, para o próximo verão ou em algumas unidades, férias até 31 de outubro.

O Governo Inglês impõe confinamento até 2 de Dezembro

O Governo Inglês impõe confinamento até 2 de Dezembro

O primeiro ministro Britânico, Boris Johnson, anunciou este sábado um novo confinamento para o país, pelo período de um mês, medida que pretende evitar um novo surto pandémico que leve os hospitais ao limite.

A ANA tem violado as obrigações de serviço público

A ANA tem violado as obrigações de serviço público

A ANA - Aeroportos de Portugal, tem estado “reiteradamente violar as obrigações de serviço público” e “prejudicar o país”, afirmou hoje o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Translate »