Home | VIAGENS | VIAGENS AÉREAS | A Airbus reduziu a produção para 40 aviões A320 por mês
A Airbus reduziu a produção para 40 aviões A320 por mês

A Airbus reduziu a produção para 40 aviões A320 por mês

A construtora europeia ‘Airbus’ anunciou na sexta feira, que vai manter o modelo A320, em produção reduzida, face ao contexto atual do mercado, prevendo passar de 40 aviões por mês, para 45 até final de 2021, um aumento mais lento do que os 47 inicialmente previstos.

“A nova cadência de produção dos A320 irá conduzir a um aumento gradual da produção, que passará dos atuais 40 aparelhos por mês para 43 no terceiro trimestre de 2021 e para 45 no quarto trimestre”, começou por dizer, em comunicado, a fabricante francesa de aviões.

“Este novo plano de produção representa um aumento da produção mais lento do que o inicialmente previsto, que apontava para os 47 aviões mensais a partir de julho”, acrescentou.

Já a produção dos modelos ‘widebody’ (aviões maiores) deverá continuar estável e com o ritmo atual de cinco unidades A350 e duas A330, o que representa adiar o “potencial aumento de produção do A350 para mais tarde”, esclareceu a fabricante.

Quanto à produção de A220, a Airbus mantém as previsões para aumentar de quatro para cinco aviões por mês a partir do final do primeiro trimestre de 2021, tal como previsto inicialmente.

“A revisão da cadência de produção permite à Airbus preservar a capacidade de responder à procura dos clientes e, ao mesmo tempo, adaptar-se às mudanças e evoluções do mercado”, apontou a empresa, ressalvando que continua a “monitorizar atentamente a evolução do mercado”.

A Airbus prevê que o mercado de aeronaves comerciais volte a níveis pré-covid-19 entre 2023 e 2025.

Agência Lusa

Share this:

About REDAÇÃO

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

www.podopharm.pt
x

Check Also

Trump põe fim às restrições aéreas da Europa RU e Brasil

Trump põe fim às restrições aéreas da Europa, RU e Brasil

Donald Trump anunciou esta segunda feira (18), o fim das restrições à entrada no país, de viajantes originários da Europa, Reino Unido e Brasil, medida com efeitos a partir de 26 de Janeiro, quando já não é oficialmente, presidente dos Estado Unidos.

A easyJet altera as normas da bagagem de cabine

A easyJet altera as normas da bagagem de cabine

A 'easyJet' altera as normas de bagagem de cabine, a partir de 10 de fevereiro. A companhia anunciou hoje que os passageiros que viajem com tarifas standard, somente poderão transportar como bagagem de mão, uma maleta (45x36x20cm) que seja facilmente introduzida na parte dianteira do seu lugar, no avião.

TAP reforçou rotas de maior procura no Natal e Ano Novo

TAP reforçou rotas de maior procura no Natal e Ano Novo

A operação da TAP para o Natal e Ano Novo, foi reforçada nas rotas que habitualmente tem maior procura, mas fica muito abaixo do verificado em igual período do ano passado. A companhia informa que prevê operar apenas, cerca de 30% da sua capacidade em novembro e dezembro.

Translate »