A hotelaria do Algarve prepara reaberturas - VIATURISTA A hotelaria do Algarve prepara reaberturas - VIATURISTA
A hotelaria do Algarve prepara algumas reaberturas

A hotelaria do Algarve prepara reaberturas

159

A hotelaria do Algarve, que atualmente se encontra praticamente encerrada, devido à invasão pandémica, prepara-se para reverter a situação com algumas unidades a abrir portas nos próximos meses de junho e julho, mas, a região só deverá voltar a um ritmo próximo da normalidade, na Páscoa de 2021.

Quem o afirma é Elidérico Viegas, o Presidente da AHETA, em declarações à agência Lusa, que para já, “aguarda pela saída do calendário que o Governo está a preparar, para a retoma progressiva da atividade económica, a partir de maio”.

“Há hotéis que estão a pensar reabrir já no mês de junho, sobretudo na segunda quinzena, outros no início de julho. Haverá alguns que já nem abrem este ano, porque as nossas perspetivas apontam para que tenhamos sobretudo procura por parte do mercado interno”, afirmou Elidérico Viegas.

O mercado externo que é aquele que maior impacto tem na região, vai ter uma “recuperação mais lenta” por estar muito dependente do transporte aéreo, afirma aquele responsavel setorial, para quem tudo depende da evolução da pandemia, apostando na vantagem do Algarve ser para já das “zonas do país menos afetadas”, adiantando que a hotelaria da região, só poderá projetar o futuro imediato, depois de conhecer os “protocolos sanitários e de segurança que terão de adotar, para poderem funcionar”.

“A nova realidade implica que sejamos capazes de implementar boas práticas na gestão de espaços públicos, praias e hotéis, que influenciem a confiança dos turistas e estes se sintam confortáveis em viajar para região”, defendeu.

Elidério Viegas não tem dúvidas sobre a necessidade de dar passos seguros, evitando correr riscos, com um novo impacto pandémico, “voltando atrás com uma subida do número de casos”.

Share this:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.