Home | HOTELARIA | Hotéis & Resorts | Accor Hotels avança com apoios aos colaboradores
Accor Hotels avança com apoios aos colaboradores
Accor Hotels avança com apoios aos colaboradores

Accor Hotels avança com apoios aos colaboradores

A paralisação das viagens, refeições fora de casa e entretenimento, está a afetar muito seriamente a indústria hoteleira. Nas últimas três semanas, a crise agravou-se de tal forma, que mais de metade da população mundial está confinada ou impedida de sair à rua.

O setor hoteleiro mundial, tem sido gravemente afetado, atualmente, mais de metade dos hotéis das marcas de Accor em todo o mundo, estão fechados, provavelmente acontecerá o mesmo a mais de dois terços nas próximas semanas. Uma boa notícia é a confirmação do início da recuperação do mercado hoteleiro Chinês, com ligeiras melhorias na ocupação e na atividade de Food & Beverage.

A abrupta deterioração da situação levou o Grupo a tomar medidas drásticas em todas as suas operações globais. Estas ações são indispensáveis para limitar o impacto nas receitas e na tesouraria, e necessárias para a recuperação pós-crise. Nestes tempos sem precedentes, o Grupo está, mais que nunca, junto dos seus colaboradores, parceiros e comunidades, proporcionando tempo, recursos e acesso à sua rede local e global.

As medidas de mitigação foram implementadas já em fevereiro. Dada a situação, o Grupo decidiu tomar ações fortes e incrementais. Globalmente, estas incluem:

-Proibição de viagens, congelamento de contratações, redução de horários e/ou licenças de 75% das equipas globais da sede para o 2º trimestre, resultando numa redução mínima de 60 milhões de euros em G&A (gastos de administração e gestão) para 2020, -Revisão do plano de investimento recorrente para 2020, resultando numa redução de 60 milhões de euros em despesas de capital. O Grupo está a racionalizar ainda mais todos os outros custos (por exemplo, vendas, marketing, TI), em linha com a queda das receitas em todo o sistema.

Balanço Graças à sua recente estratégia de transformação e estratégia de preservação de capital, Accor pode contar atualmente com um balanço forte, com mais de 2,5 mil milhões de euros em dinheiro disponível, e uma revolving credit facility não utlizada de 1,2 mil milhões de euros. Embora muita incerteza permaneça sobre a duração desta crise.

O Grupo espera um impacto severo no seu desempenho para 2020, mas mantém-se otimista nas perspetivas a longo prazo da indústria hoteleira, tanto para Accor, como para os colaboradores, proprietários e acionistas.

Nesta situação incerta, o Conselho de Administração de Accor decidiu, no dia 2 de abril, complementar as ações de gestão acima descritas, com a retirada da proposta de pagamento de 280 milhões de euros em dividendos de 2019.

Depois de consultar os principais acionistas do Grupo, a JinJiang International, a Qatar Investment Authority, a Kingdom Holding Company e a Harris Associates, Accor decidiu atribuir 25% do dividendo previsto (70 milhões de euros) ao lançamento do “ALL Heartist Fund”, um fundo especialmente destinado à crise do Covid-19.

Este fundo irá ajudar sobretudo:

– Os 300.000 trabalhadores do Grupo, comprometendo-se a pagar as suas despesas hospitalares relacionadas ao COVID19, para aqueles que não têm segurança social ou seguro médico,
– Caso a caso, os colaboradores em licença temporal que sofram de grandes dificuldades financeiras,
– Caso a caso, os parceiros individuais que enfrentem dificuldades financeiras,
– Além disso, o Grupo irá ainda lançar iniciativas de solidariedade para apoiar os profissionais de saúde da linha da frente e as organizações sem fins lucrativos.

Esta iniciativa reflete a ambição do Grupo e dos seus acionistas de contribuir significativamente para as ações de solidariedade global, para fazer face à atual crise sanitária, ao mesmo tempo que planeia necessidades futuras.

Esta decisão recebeu o apoio unânime dos membros do Conselho de Administração que, coletivamente, decidiram reduzir os seus bónus de presença em 20% em benefício do “ALL Heartist Fund”. Além disso, Sebastien Bazin, Presidente e CEO de Accor, renunciará a 25% do seu pacote de compensação durante a crise. O capital equivalente também será destinado para o Fundo.

Sébastien Bazin, Presidente e CEO de Accor, comentou: “Acolher, proteger e cuidar dos outros está na essência do que fazemos. À luz da urgência e da dimensão da situação, decidimos agir de forma imediata e significativa, no espírito dos nossos valores e compromissos. Através deste gesto, queremos expressar a nossa solidariedade e gratidão a todos aqueles que demonstram coragem e generosidade durante esta crise.

Em nome do Conselho de Administração, gostaria de agradecer aos principais acionistas do Grupo. Sem eles, o “ALL Heartist Fund” não teria sido possível. Também quero prestar uma homenagem especial às equipas de Accor em todo o mundo. Enfrentam a atual crise com admirável coragem, dedicação e profissionalismo. À medida que a nossa indústria atravessa tempos difíceis, temos de tomar decisões difíceis, mas Accor tem um balanço forte que lhe permitirá resistir a esta crise e emergir com força durante o período de recuperação. Estou confiante de que Accor em breve redescobrirá o caminho para o crescimento.”

SOBRE ACCOR

Accor é um grupo líder mundial de “hospitalidade aumentada” que oferece experiências únicas em mais de 5000 hotéis e residências em 110 destinos. Há mais de 50 anos que o Grupo atua no setor da hotelaria, com um portefólio incomparável de 39 marcas de hotéis, desde luxo a económico, apoiado por um dos programas de fidelização mais atrativos do mundo.

Share this:

About REDAÇÃO

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

www.podopharm.pt
x

Check Also

Soluções para Eventos Híbridos no Lisbon Marriot Hotel

Soluções para Eventos Híbridos no Lisbon Marriot Hotel

A Marriott International está a expandir o seu programa “Connect with Confidence”, com a oferta de novas soluções para ajudar e agilizar o processo de planeamento de reuniões e encontros híbridos e digitais.

Dia do Pai dedicado à família no Onyria Quinta da Marinha

Dia do Pai dedicado à família no Onyria Quinta da Marinha

Depois de um ano tão desafiante, em que os pais tiveram de gerir o difícil equilíbrio entre teletrabalho e a atenção às crianças confinadas em casa, o Onyria Quinta da Marinha Hotel propõe um Dia do Pai totalmente dedicado à família na natureza.

Programa para Nómadas Digitais no 1905 Zino´s Palace

Programa para Nómadas Digitais no 1905 Zino´s Palace

O 1905 Zino’s Palace, situado na Ponta do Sol da Ilha da Madeira, acaba de lançar um programa em parceria com a plataforma Digital Nomads, da Staurtup Madeira, dedicado a todos os profissionais que procuram novos espaços para trabalhar, fora de casa e em sintonia com a natureza.

Translate »