As Rotas de Café são destinos famosos no Brasil - VIATURISTA As Rotas de Café são destinos famosos no Brasil - VIATURISTA
As Rotas de Café são destinos famosos no Brasil

As Rotas de Café são destinos famosos no Brasil

416

No Dia Mundial do Café, a Embratur – Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo convida os portugueses a conhecerem as rotas de café mais importantes do Brasil.

Se tivermos de escolher o hábito mais transversal a todo o mundo, o café é um forte candidato! Em todos os recantos do Planeta, o café está presente no dia-a-dia de muitas casa e tornou os muitos dos seus utilizadores ocasionais em verdadeiros especialistas da arte do café. Para celebrar o Dia Mundial do Café que se assinala amanhã, dia 14 de abril, a Embratur – Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo – convida-o a conhecer as rotas de café mais importantes do Brasil, o maior produtor de café do mundo.

#1. VALE DO CAFÉ – RIO DE JANEIRO

Não muito longe da Cidade Maravilhosa, os amantes de café vão encontrar uma atração histórica onde podem aprender sobre as origens deste delicioso grão. O Vale do Café é a denominação turística de um local que foi emblemático na produção de café para o Brasil, e para o Mundo, e que fez com que o país se torna-se líder mundial na produção e exportação deste produto.

Existem 15 municípios que fazem parte desta atração, mas os municípios de Vassouras, Valença, Rio das Flores, Barra do Piraí, Piraí, Engenheiro Paulo de Frontin, Mendes, Paty do Alferes, Miguel Pereira, Paraíba do Sul e alguns distritos como Ipiabas e Conservatória, que pertencem a Barra do Piraí e Valença, respectivamente, destacam-se pela maneira como conseguiram conservar os locais emblemáticos, dos quais os barões do café eram donos.

Nestes municípios pode encontrar as casas dos donos das fazendas, assim como onde viviam os trabalhadores, igrejas imponentes com os vitrais intactos, que demonstram a arquitetura da época, as estradas que ainda fazem a viagem para as fazendas que fizeram parte de um período histórico do império que estabeleceu o Brasil como um líder no mercado do café.

Saiba como chegar

A principal porta de entrada do Vale do Café é a cidade de Vassouras, que está a 117 km de distância do Aeroporto Internacional Tom Jobim (GIG), no Rio de Janeiro. Os visitantes podem alugar um carro ou seguir até a Rodoviária do Rio de Janeiro e viajar de autocarro.

#2. SERRA DA MANTIQUEIRA – MINAS GERAIS

A Serra da Mantiqueira, uma cadeia montanhosa que se estende pelo Estado de Minas Gerais, é um destino único e que demonstra como o Rio de Janeiro e São Paulo tem mais atrações para além das paisagens naturais incríveis. Para os conhecedores de café, a Serra da Mantiqueira tornou-se uma paragem obrigatória, não só quando se visita Minas Gerais, mas o Brasil.

Os produtores de café da região decidiram abrir as suas portas para dar a conhecer as propriedades aos turistas. Quem visitar pode ficar a conhecer o processo de produção de café, degustar e ainda passear pelas plantações. As cidades de Carmo de Minas e São Lourenço são dois locais onde os mais curiosos podem ficar a conhecer fazendas premiadas e centenárias a mais de 1.300 metros de altitude.

Em São Lourenço, é possível ver as fazendas de uma perspetiva diferente. Os visitantes podem viajar num balão de ar quente sobre as plantações e também conhecer o Museu do Café, onde pode ficar a conhecer documentos, utensílios, fotografias e objetos relacionados com os grãos de café desde o período colonial.

Saiba como chegar

São Lourenço está a 300 km de distância do Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU). De lá os visitantes podem alugar um carro ou seguir até o Terminal Rodoviário do Tietê e viajar de autocarro.

#3 SANTOS – SÃO PAULO

Com 7 quilómetros de praia, contornadas pelo maior jardim a céu aberto e por um calçadão icónico, a cidade costeira de Santos é um local onde pode visitar o famoso Museu do Café. Localizado num edifício com uma arquitetura eclética, este museu tornou-se uma referência na cidade por demonstrar a história e importância do café no Brasil. O edifício faz parte do Património Histórico e Artístico do Brasil.

O Museu do Café, inaugurado em 1998, é casa de uma exposição permanente que demonstra a trajetória do café no Brasil. Dividida em diferentes fatores da produção do café no Estado de São Paulo e no Brasil, a exposição demonstra o desenvolvimentos das plantações, os trabalhadores migrantes e como a riqueza do Brasil foi impulsionada por este grão.

No museu também pode encontrar exposições temporárias, obras de arte, mobiliário da época, para além de cursos relacionados com o fabrico e a história do café. Pode também provar vários tipos deste café histórico na cafetaria, conhecido por ser dos mais caros, mas também dos mais raros cafés do Brasil.

Saiba como chegar

Santos está a 70 km de distância do Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU). De lá os visitantes podem alugar um carro ou seguir até o Terminal Rodoviário do Tietê e viajar de autocarro.

SOBRE A AGÊNCIA BRASILEIRA DE PROMOÇÃO INTERNACIONAL DO TURISMO (EMBRATUR)

A Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) é responsável pela implementação da Política Nacional de Turismo nas áreas de promoção, marketing e apoio à comercialização de destinos, serviços e produtos turísticos brasileiros no mercado internacional. A Embratur contribui para gerar desenvolvimento social e económico para o país, aumentando o fluxo de turistas internacionais para destinos nacionais.

Share this:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.