MSC Cruzeiros retoma a operação no Mediterrâneo - VIATURISTA
Home » VIAGENS » CRUZEIROS » MSC Cruzeiros retoma a operação no Mediterrâneo
MSC Cruzeiros retoma a operação no Mediterrâneo

MSC Cruzeiros retoma a operação no Mediterrâneo

A MSC Cruzeiros anunciou que os navios MSC Grandiosa e MSC Magnifica, retomam as operações no Mediterrâneo a partir dos dias 16 e 29 de Agosto de 2020, respectivamente, para cinco destinos diferentes e um itinerário de 7 noites.

Os dois navios serão os primeiros a terem implementados um novo e abrangente protocolo de higiene e segurança, que foi aprovado pelas autoridades nacionais relevantes dos países onde os navios vão realizar neste verão, nos seus itinerários pelo Mediterrâneo Oriental e Ocidental.

Para esta fase inicial de regresso às operações, os dois navios da MSC Cruzeiros a operar no Mediterrâneo durante este Verão irão inicialmente receber apenas passageiros residentes nos países Schengen . Para além disso, os itinerários foram criados de acordo com a acessibilidade dos portos, reduzindo, onde possível, a necessidade de os passageiros usarem transportes públicos ou voos, tendo sido planeados em conjunto com as autoridades.

Para os passageiros não residentes no espaço Schengen, receberão automaticamente um Crédito para um Futuro Cruzeiro (FCC), onde terão a oportunidade de transferir o valor total pago pelo cruzeiro cancelado para um cruzeiro futuro à sua escolha, em qualquer navio, com qualquer itinerário, até ao final de 2021.

A companhia informa que foram cancelados todos os restantes cruzeiros no Mediterrâneo a partir de 16 de Agosto e até ao dia 31 de Outubro, nos Estados Unidos até 31 de Outubro e para o Oriente de 10 de Setembro a 26 de Outubro.

Facebooktwitterlinkedinrssyoutube

About REDAÇÃO

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

x

Check Also

MSC Foundation doou milhares máscaras à DGS

MSC Foundation doou milhares de máscaras à DGS

A MSC Foundation do MSC Group, doou milhares de Máscaras FFP2 à Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, para ajudar na luta contra o surto de coronavírus em Portugal.