O Colorido Festival de Paritins nas margens da Amazónia - VIATURISTA O Colorido Festival de Paritins nas margens da Amazónia - VIATURISTA
O Colorido Festival de Paritins nas margens da Amazónia

O Colorido Festival de Paritins nas margens da Amazónia

110

O Festival Folclórico que se realiza na ilha de Parintins, nas margens do Amazonas, anima o Brasil após dois anos de pausa devido à pandemia, com data agendada para 24, 25 e 26 de Junho.

Localizado no município brasileiro de Paritins, no interior do Estado do Amazonas, o festival é reconhecido como Património Cultural do Brasil. Milhares de turistas deslocam-se à cidade para assistir a este festival cinquentenário, que se celebra na última sexta-feira do mês de junho. A Embratur – Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, convida os portugueses a conhecerem a visitarem o festival.

Carros alegóricos, multidões entusiastas e fantasias extravagantes, no Festival Folclórico de Parintins está de volta dois anos depois para colorir novamente a Amazónia, para felicidade dos residentes e visitantes.

O festival, batizado com o nome da cidade onde se realiza, a ilha de Parintins, nas margens do rio Amazonas, a 370 quilómetros de Manaus, tem uma rivalidade histórica no seu centro. Esta rivalidade é representada pelo Boi Caprichoso, de cor azul e pelo Boi Garantido, de cor vermelha. Durante os três dias do festival, os bois competem uns com os outros, através de estacas que exaltam a cultura indígena, nativa e ribeirinha.

O Festival Folclórico de Parintins é considerado mais do que um espetáculo. É um conjunto de criatividade, amor e paixão pela arte e pela cultura popular. Tem uma forte presença da cultura indígena e da mitologia e incorpora a história, crenças e lendas, ritos, e especialmente a arte.

O Festival encanta tanto pela beleza do espetáculo oferecido pelos bois Garantido e Caprichoso como pelas produções artísticas dos artesãos da região. Herdeiro de uma tradição milenar que remonta aos Sapupés, Mundurucus, Paravianas, Uapixanas, Tupinambás e Parintintins nativos, que eram os habitantes primitivos da região, o artesanato de Parintins é um retrato multicolorido da Amazónia.

Share this:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.